Páginas

Quer acelerar a dieta? Aposte na soja

Esse grão garante linhas enxutas, além de ser uma bênção para a saúde e um potente produto de beleza para apele. Se você ainda resiste em colocá-lo no prato, confira aquio que mais está perdendo!


Se há um alimento que merece figurar na lista dos mais saudáveis do planeta, é a soja. Rica especialmente em proteína, fibras e antioxidantes, tem fascinado os cientistas, que não se cansam de pesquisar os poderes do grão mágico (como costuma ser chamado). Basta uma consulta ao Pubmed, um banco de dados dos Estados Unidos que reúne cerca de 20 milhões de artigos médicos publicados mundo afora, e você vai encontrar 10.900 estudos sobre a leguminosa! Apesar de ser consumida há milênios pelos chineses, só nos anos 1920 começou a ser cultivada no Brasil. O que explica, em parte, o fato de apenas agora ter se tornado popular por aqui. Descubra os vários benefícios da soja para você também inclui-la na dieta.

Saúde extra

Com antioxidantes de primeira linha (fitatos, saponinas, vitaminas e inibidores de proteases), a soja protege as células contra o envelhecimento e possíveis alterações, deixando o organismo resistente até a doenças mais graves. É um alimento capaz de reduzir o risco de três tipos de câncer: de mama, colo e útero. O consumo frequente também traz benefícios ao coração. Isso porque diminui os níveis do colesterol ruim. Mas a soja é amiga especialmente das mulheres, pois ameniza as dores de cabeça e as ondas de calor típicas da menopausa. Esse poder vem do fitormônio isoflavona - um hormônio vegetal com a estrutura química semelhante à do estrógeno, que, a partir dos 35 anos, começa a ser produzido em menor escala. É cedo para você ter esse tipo de preocupação? Então saiba de outro benefício da isoflavona: Presente em grande quantidade na leguminosa, ela evita o ressecamento da pele.

Pele jovem

A soja carrega boa dose de outras substâncias que fazem com que ela funcione como um produto de beleza. Os ácidos graxos ômegas 3 e 6, por exemplo, melhoram a elasticidade da pele. Já os minoácidos - essenciais na formação da proteína - se encarregam da reparação celular. E o grão não é fraco nesse nutriente, constando na lista dos alimentos campeões em proteína. Mais do que isso: É o único vegetal com uma proteína tão completa quanto a dos alimentos de origem animal (leite, ovo, carne vermelha e peixe). Colocá-la no prato, portanto, ajuda no ganho de músculo. Seu objetivo é emagrecer? Então a soja também é para você, e com vantagens: ela oferece uma proteína livre de gordura e que acelera a queima das gordurinhas. O mérito é da arginina e da lisina, aminoácidos que estimulam o organismo a produzir glucagon - hormônio com ação termogênica. Ou seja, a soja agita o metabolismo facilitando a perda de peso.

Gordurinhas a menos

 Dietas com a proteína do grão saciam mais em comparação àqueles que incluem apenas proteína animal. Não significa que você deve retirar do cardápio carne, frango e peixe, mas incluir a soja. O ideal é consumir no mínimo 25 gramas por dia da proteína vinda desse alimento. A medida equivale a dois copos (500 mililitros) de leite de soja + quatro colheres de sopa do grão cozido.Você anda cansada e desanimada? De novo, aposte na soja.

Por ter gorduras, em especial as boas (mono e poli-insaturadas), é um alimento que garante o aporte e o transporte das vitaminas A, D, E e K. Resultado: vitalidade extra. Mágico, não!?

Sem exagero, por favor

A soja traz vários benefícios. Nem por isso você deve exagerar na dose e consumir sempre o mesmo produto à base do grão. Isso porque, como todo alimento proteico, pode provocar alergia. Claro que sso depende da sensibilidade de cada pessoa. Mas fique atenta à resposta do seu organismo. "Os sintomas são dor de cabeça, barriga estufada e intestino lento". Nesse caso, reduza ou interrompa o consumo.

0 comentários:

Postar um comentário

Meninas não saiam sem deixar sua opinião.
vou adorar saber sua opinião.
bjuss

 

© Template Grátis por Cantinho do Blog. Quer um Exclusivo?Clique aqui e Encomende! - 2014. Todos os direitos reservados.Imagens Crédito: Valfré