Páginas

Resistem é considerado o "guarda-costas" da juventude

Trata-se do mais potente ativo dermocosmético desenvolvido na França que promete desacelerar o processo de envelhecimento da pele, ativar as defesas e estimular a longevidade das células contra agentes nocivos. O resultado é uma pele mais jovem, uniforme e luminosa. Ele pode ser inserido em cosméticos manipulados, mas, algumas marcas internacionais, já inserem o ativo na composição do produto de prateleira.



Tomar vacinas para tratar e evitar diversas patologias é muito comum em todos os povos desde os primeiros meses de vida. Agora, imagine uma vacina na forma de creme capaz de evitar o envelhecimento da pele. Tudo indica que em breve será possível, pois o mundo inteiro está apostando as fichas no Resistem, ativo natural obtido da planta Globularia cordifolia, que está sendo chamado pela comunidade médica internacional de "vacina antienvelhecimento". Essa nova expectativa de tratamento é resultado das constantes mudanças no mundo e as crescentes pesquisas na área da beleza.

O envelhecimento acontece de duas formas distintas: o intrínseco, e não há como impedir, ou seja, características genéticas que contêm informações acerca do corpo e as suas consequências: pele mais fina, mais seca e mais flácida. Já o envelhecimento extrínseco depende do estilo de vida de cada um, onde a correta alimentação, com vitaminas e nutrientes importantes para fortalecer as defesas naturais do organismo, e o uso de proteção solar são algumas das medidas mais relevantes para retardar o relógio do envelhecimento.

Anelise H. Leite Taleb, Farmacêutica e Consultora Técnica da TAVE, farmácia de manipulação que é referência em manipulação de cosméticos e medicamentos, lembra que o tabagismo, o estresse e os raios ultravioleta são, sem dúvida, toxinas que se acumulam nas células, causando alterações da barreira cutânea e acelerando o processo de envelhecimento extrínseco. "Eles afetam diretamente as células da pele, inflamando-as, inclusive, afetando as mitocôndrias, responsáveis pela respiração e produção de energia das células. Deste modo, quando a estrutura celular tem suas funções comprometidas, a pele fica avermelhada, perde o viço e o brilho, além de contribuir efetivamente para a degradação da produção de elastina e colágeno, que confere à pele elasticidade e firmeza, respectivamente", informa a farmacêutica.

Para a especialista, tudo indica que a nova promessa para desacelerar o envelhecimento pode se tornar uma febre em todo mundo, pois, segundo os testes e estudos científicos, o Resistem promete atuar diretamente nas células ao neutralizar quase todas as reações nocivas, impedindo de fato o seu envelhecimento, além de proporcioná-la o poder de se proteger e autoregenerar. Além de tudo, o ativo auxilia o pleno funcionamento do metabolismo celular, incluindo a integridade e proteção das mitocôndrias, responsáveis pela saúde e longevidade celular. "È importante informar que a pessoa que fuma ou fica exposta ao sol sem proteção ainda vai ter um restinho dos efeitos nocivos nas células. Porém, o ativo deve frear muito o envelhecimento da pele do tabagista", comenta Anelise.

Pesquisadores franceses inspiraram-se na Globularia Cordifolia para desenvolver o Resistem. Trata-se de um gênero de cerca de 22 espécies de plantas comuns na Europa, África e Ásia. Eles afirmam que as células-tronco desses vegetais possuem incríveis habilidades de resistência e sobrevivência. Elas são compatíveis com o organismo humano e, por esta razão, estimulam a proliferação celular, aceleram a regeneração e reparo tecidual, participam na restauração da função barreira da pele e promovem proteção intensa contra os radicais livres.

"O Resistem pode ser inserido na manipulação de cremes de uso diário, associados a filtros solares, maquiagens ou qualquer outro tipo de cosmético. Algumas marcas internacionais de cosméticos já possuem o ativo na composição do produto final como o Vax´in Givenchy, One Essential Dior e Prodigy Powercell Serum Helena Rubinstein, por exemplo. Ou seja, a busca pela juventude sem agulhas, cápsulas ou comprimidos, mas na forma de um creme perfumado e com sensorial requintado", conclui a farmacêutica. A novidade já chegou ao Brasil, porém somente para manipulação.

Fonte: Dra Anelise H. Leite Taleb
Farmacêutica, formada pela Universidade Federal de Santa Catarina; Mestrado em Microbiologia pela Universidade Federal de Santa Catarina; Pós Graduação em Cosmetologia pela Racine; MBA em desenvolvimento de Cosméticos pela IPUPO, com validação na França; Membro da Sociedade Francesa de Cosmetologia; Membro da Sociedade Americana de Farmacêuticos Cientistas com sede em Nova York; Atualmente é Diretora Técnica da TAVE, Farmácia de Manipulação que há 25 anos é referência no mercado nas formulações cosméticas diferenciadas.

0 comentários:

Postar um comentário

Meninas não saiam sem deixar sua opinião.
vou adorar saber sua opinião.
bjuss

 

© Template Grátis por Cantinho do Blog. Quer um Exclusivo?Clique aqui e Encomende! - 2014. Todos os direitos reservados.Imagens Crédito: Valfré