Páginas

Semente poderosa

Composta basicamente de 21% de proteína, 28% de fibras e 41% de gorduras, a semente do linho conquistou inúmeros adeptos nos últimos anos por ser um alimento funcional, fonte de ômega-3, e por conter elementos capazes de previnir doenças. Também é rica em vitaminas, como a B1, a B2, a C, a E e beta-caroteno, e minerais , como ferro, zinco, potássio, magnésio, fósforo e cálcio.




Além disso, o alto conteúdo de fibras solúveis e insolúveis tem excelente ação laxativa e pode previnir a formação de hérnias nas paredes do intestino, prisão de ventre e acidez estomacal, por meio da lubrificação que regenera a flora intestinal e elimina toxinas e gases gástricos.



Para se ter ideia das diferentes maneiras de sua utilização, há registros que comprovam que, no antigo Egito, a linhaça chegou a ser usada no processo de mumificação, tamanha é sua ação antioxidante. Arqueólogos também apontam seu uso no tratamento de feridas. São por essas e outras informações que há tempos esta semente se mostra eficiente.



Contudo não há ao certo uma data de quando o linho começou a ser cultivado, mas sabe-se que antes do algodão. Isto ocorreu até os romanos o descobrirem, quando dominaram o mercado europru. Porém, sua decadência se deu ao mesmo tempo em que o Império Romano estava em ruínas.



Ironicamente, o valor da linhaça foi resgatado quando o imperador romano, Carlos Magno, no século VIII, teve conhecimento de suas propriedades naturais e aprovou as leis que exigiam o consumo e o cultivo da semente, para conservar a saúde de seus súditos. Assim, ela se propagou novamente por toda a Europa, até chegar à América do Norte. Hoje, o Canadá é o maior produtor de linho e, consequentemente ,da semente de linhaça.


Confira mitos e verdades sobre a linhaça:


A linhaça pode curar doenças como câncer e diabetes?

Verdade.
A semente contém dois tipos de ácidos essenciais, que o orgamismo das pessoas não consegue produzir, e que devem ser fornecidos por meio da alimentação. Dos 41% de gordura presente na linhaça, 70% são do tipo poliinsaturada, que são os ácidos graxos ômega-3 e 6, essenciais para o bom funcionamento das células e para o controle dos níveis de triglicérides e de colesterol, além de ajudar na fluidez do sangue, pois diminui a agregação de plaquetas e evita a formação de coágulos de sangue. O consumo regular de linhaça contribui para a prevenção de doenças cardiovasculares e a melhora da qualidade de vida. A presença de fitoestrógeno, substância natural que tem ação metabólica semelhante ao estrógeno, tem ação anti tpm e ajuda a menter o equilíbrio hormonal, atuando no combate da menopausa, inclusive. O efeito da linhaça reduz o risco de câncer hormônio dependente. A semente protege contra o câncer de mama e de próstata, e os ácidos ômega-3 atuam na memória, na prevenção de demência e de Alzheimer.


A semente marrom é mais eficiente que a dourada?
Mito.
Não existem diferenças na composição dos dois tipos, já que as duas possuem os mesmos nutrientes e mantêm o mesmo potencial funcional e antioxidante. A única diferença entre elas é o local onde são cultivadas. A marrom é típica da região mediterrânea e possui a casca mais dura e resistente. A dourada, por sua vez, está presente em áreas mais frias e possui a casca mais fina e o sabor mais suave que a marrom.


A linhaça ajuda a emagrecer?
Verdade
Além do funcionamento do intestino, ela auxilia também no controle do peso, eliminando o colesterol de maneira rápida. Ajuda a controlar a obesidade e proporciona uma senseção de saciedade, reduzindo o apetite, pois conta com uma grande quantidade de fibra dietética.

0 comentários:

Postar um comentário

Meninas não saiam sem deixar sua opinião.
vou adorar saber sua opinião.
bjuss

 

© Template Grátis por Cantinho do Blog. Quer um Exclusivo?Clique aqui e Encomende! - 2014. Todos os direitos reservados.Imagens Crédito: Valfré